domingo, 20 de março de 2011


 
Deixa partir o que não te pertence mais. Deixa seguir o que não poderá voltar. Deixa morrer o que a vida já despediu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário